Oportunidades e demandas para a educação técnica e profissional com o Novo Ensino Médio

Diante de estimativas de que 14% dos postos de trabalho atuais desaparecerão em 15 a 20 anos e que outros 32% sofrerão profundas transformações, como aponta a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), e que 36% dos empregos do futuro exigirão a solução de problemas complexos, de acordo com análise do Fórum Econômico Mundial, é necessário que a educação repense que estudante está sendo formado hoje. O Novo Ensino Médio, que começará a ser implementado a partir de 2022, traz mudanças nesse sentido.

Reportagem completa – Porvir – clique aqui.